Wintersun (Finlândia)

Desde 1995, o músico Jari Mäenpää vinha compondo suas próprias músicas em paralelo a banda em que tocava, o Ensiferum. No final de 2003 em uma conversa com Andy Siry (Produtor da gravadora alemã Nuclear Blast) Jari mencionou sobre suas músicas e que pretendia gravar no futuro um projeto solo. Poucos dias depois gravou uma demo com três músicas (“Winter Madness”, “Beyond the Dark Sun” e “Death and the Healing”), enviou-a para a gravadora que aprovou o trabalho e já programou para que em maio de 2004 começassem as gravações. Porém, para essa mesma data estava marcada uma turnê do Ensiferum. Sendo assim, Jari teve que escolher entre o sua antiga banda e o seu novo projeto e acabou optando em seguir com o Wintersun.

Jari Mäenpää tocou todos os instrumentos na gravação do primeiro álbum de estúdio, menos a bateria. Para esse trabalho, foi convidado o baterista Kai Hahto (Rotten Sound, Agressor, ArthemesiA, Enochian Crescent).

A banda Wintersun e seu álbum homônimo foram oficialmente lançados em setembro de 2004.

Pensando nos shows ao vivo Jari convidou o experiente baixista Jukka Koskinen (Norther) e o seu velho amigo Oliver Fokin (Ensiferum/ArthemesiA) para a 2ª guitarra, mas Oliver tinha outros planos e acabou só participando das gravações do clipe de “Beyond the Dark Sun”, sendo substituído pelo novato Teemu Mäntysaari (Imperanon) em seguida.

No ano de 2005 o Wintersun começou a fazer sua primeiras apresentações ao vivo e logo embarcou em uma turnê européia com as bandas Hypocrisy, Exodus e Naglfar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *